Categorias
Flores de Bach

Os florais de Bach podem ajudar os pets?

Será que nossos queridos pets, como os cães e os gatos, têm estados emocionais que podem influenciar a sua saúde? 

Os animais sentem

Nós sabemos que muitos animais têm problemas comportamentais e podemos até descrever suas “personalidades”. 

Desde ansiedade e medo à agressão e perda, se você conversar com uma veterinária ela falará sobre diversas situações assim. 

Não é uma novidade que o estresse pode reduzir a imunidade dos bichinhos, pelo que não é razoável aceitar que também pode influenciar a saúde dos doentes.

Apesar da falta de evidências de alto nível de que os Florais de Bach possa fazer algo mais do que placebo, junto com o fato de que os animais não podem realmente nos dizer como eles estão se sentindo da mesma maneira que os seres humanos podem, esses remédios alternativos ainda encontram um papel dentro das práticas veterinárias integrativas. 

Um dos lados mais positivos é que os Florais de Bach são bem suaves e não são tóxicos. 

Além disso, desde que não sejam utilizados de forma inadequada, como, por exemplo, atrasando os cuidados médicos adequados, ou tentando lidar com distúrbios comportamentais graves sem utilizar terapias adicionais, eles podem ajudar de duas maneiras.

A primeira maneira:

Eles podem ser usados da forma que o Dr. Bach originalmente pretendia: por conta própria ou para melhorar qualquer forma de medicina, mudando os estados emocionais para ajudar a recuperação ou cura.
Claro que o certo é com ajuda de profissionais de saúde animal, as pessoas tem que confiar neles, afinal eles possuem conhecimento dos remédios, observam os pacientes, além de se basearem também no próprio julgamento e intuição para prescrever remédios corretos.

A Segunda Maneira

Os florais são comumente usados no contexto veterinário para ajudar os bichinhos com problemas comportamentais ou de treinamento. Uma seleção cuidadosa de alguns remédios juntamente com a modificação de comportamento ou aconselhamento de treinamento que poderá ser empregado como parte de um protocolo de tratamento.

Fora essas formas que os florais ajudam ainda existem dois desafios para o uso dessa medicina alternativa.

Os Grandes Desafios

Um desafio para usar Florais de Bach é dar o salto da fé para experimentá-los, especialmente quando a ciência é fraca. 

Tenha em mente que a ciência também é fraca em muitas terapias convencionais comuns que usamos na prática.

O fato de estes remédios poderem ser utilizados juntamente com a medicina convencional sem quaisquer interações notificadas ou acontecimentos adversos torna-os dignos de consideração.

O segundo desafio é como escolher o melhor floral para a situação. 

Como já dissemos aqui antes, cada floral ajuda a lidar com estados específicos da mente. Estes estados incluem desespero, solidão, medo, terror, indecisão, indiferença ou tédio, dúvida ou desânimo, excesso de preocupação, fraqueza, auto-desconfiança, impaciência, excesso de entusiasmo e orgulho ou indiferença. 

Qual escolher?

Antropomorfismo e intuição, atribuindo aspectos emocionais com base na interpretação da história e sinais do paciente, são necessários para selecionar remédios para animais individuais.

Então o mais certo é procurar um veterinário que tem o costume de prescrever os florais juntamente com a medicina convencional. Uni-las pode ser a chave para ajudar os nossos pets.

Em nossa próxima postagem falaremos sobre as diretrizes para uso, preação e dosagem comumente usadas nesses animais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *